Policial Militar NÃO atirou em surfista em praia de Fortaleza

Circula nas redes sociais um vídeo em que um policial aparece perseguindo e disparando tiros contra um surfista em uma praia. De acordo com a legenda, a situação teria acontecido

Policial Militar NÃO atirou em surfista em praia de Fortaleza

Circula nas redes sociais um vídeo em que um policial aparece perseguindo e disparando tiros contra um surfista em uma praia. De acordo com a legenda, a situação teria acontecido na Praia do Futuro, em Fortaleza (CE). A informação é falsa. O vídeo, no qual um policial aparece perseguindo e atirando contra um homem que carrega uma prancha de surfe, não foi filmado no Ceará, mas em Playa Hermosa, na Costa Rica, no dia 26 de março. A Polícia Militar do Ceará (PMCE) publicou uma nota negando o fato.

A perseguição aconteceu na Costa Rica no final do mês de março deste ano. O acesso às praias foi proibido no país no dia 23 de março como medida de combate à Covid-19. O vídeo original foi publicado pelo perfil costarriquenho Surfline, no Instagram, e republicado pelo surfista em questão, o estudante Rafael Villavicencio. Além dele, outros surfistas foram presos por desobedecerem as regras de isolamento do país. Em uma das situações, o ex-campeão mundial da International Surf Association, Noe McGonagle foi detido e se desculpou publicamente.