Uso de máscaras NÃO reduz a imunidade e NÃO prolifera bactérias

Um vídeo em que um homem não recomenda o uso das máscaras durante esse período de pandemia vêm sendo compartilhado nas redes sociais. Segundo o relato, o uso das máscaras

Uso de máscaras NÃO reduz a imunidade e NÃO prolifera bactérias

Um vídeo em que um homem não recomenda o uso das máscaras durante esse período de pandemia vêm sendo compartilhado nas redes sociais. Segundo o relato, o uso das máscaras reduz a imunidade a ajuda na proliferação de bactérias. A informação é falsa.

De acordo com informações do Ministério da Saúde, o uso da máscara é necessário para evitar a propagação de vírus e não há evidência científica de que faz mal à saude. Por precaução, a máscara deve ser lavada ou trocada constantemente. Veja um trecho do que afirma o ex- ministro da saúde, Henrique Mandetta. “Se ficar úmida, tem que ser trocada. Pode lavar com sabão ou água sanitária, deixando de molho por cerca de 30 minutos”.

Os pesquisadores da Fiocruz Renata Dalavia e Filipe Quirino alertam para os cuidados com o uso da máscara. As mãos devem estar limpas e deve ser utilizada por no máximo 3 horas. “A máscara de tecido não pode de maneira alguma ser compartilhada com outras pessoas e medidas de distância de mais de 1 (um) metro entre pessoas e a higienização das mãos são ainda medidas complementares e indispensáveis para a prevenção”, afirma, Renata.