Vídeo de brigadistas do ICMBio colocando fogo na mata é medida para combater incêndio no Pantanal

Um vídeo com brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) ateando fogo em uma mata no Pantanal circula pelas redes sociais. A verdade é que a prática

Vídeo de brigadistas do ICMBio colocando fogo na mata é medida para combater incêndio no Pantanal

Um vídeo com brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) ateando fogo em uma mata no Pantanal circula pelas redes sociais. A verdade é que a prática é uma medida de combate às grandes queimadas que acontecem na região. Uma das pessoas no vídeo chega a dizer “olha aí o brigadista. Em vez de estar apagando fogo, está tacando fogo. É brincadeira? Quem que taca o fogo no Pantanal? Isso que é brigadista, o herói do fogo“, o que induziu aos compartilhamentos de que os brigadistas são os responsáveis pelas queimadas criminosas. 

Através de nota oficial, o ICMBio explicou que a técnica de colocar o combustível em pequenas faixas do terreno, com a aplicação do fogo, faz com que não tenha material orgânico que leve o incêndio para áreas maiores.

A Estação Ecológica de Taiamã continua protegida, sem incêndios no seu interior. No entanto, a partir de 14 de setembro, um vídeo que circula pela internet tem gerado diversos mal-entendidos sobre as ações do ICMBio. O controle dessa técnica exige pessoal treinado e experiente, pontos de ancoragem muito bem definidos e condições meteorológicas favoráveis para que o fogo não se alastre e inicie um novo incêndio. Todas essas condições foram obedecidas e a queima foi considerada um sucesso“, diz a nota do ICMBio.