Ação da PM mata jovem e interrompe distribuição de cestas básicas na Cidade de Deus

WhatsApp Image 2020-05-20 at 20.17.46

Uma operação do BOPE com apoio do caveirão na Cidade de Deus, zona oeste do Rio, surpreendeu uma equipe que entregava cestas básicas durante ações de combate contra o coronavírus na comunidade. Voluntários do Frente CDD relatam que os tiros iniciaram de maneira repentina e resultou na morte de um homem ainda não identificado na Rua Pantanal.

O grupo foi surpreendido por uma intensa troca de tiros e voluntários que participavam da ação tiveram que se abrigar em casas de moradores. Um dos integrantes denuncia que ao ficar sabendo sobre a pessoa baleada e ter tentado identificar o corpo, foram reprimidos de forma violenta por parte dos policiais presentes no local. “Quem não quer ser baleado tem que sair com uma bíblia na mão”, teria dito um dos militares.

O conselheiro tutelar e morador da Cidade de Deus, Jota Marques, informou que jovem baleado tinha saído de casa para ir comprar pipas, momentos antes de ser atingido. Depois de baleado, o homem foi colocado dentro do caveirão e levado pelos policias para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde resistiu aos ferimentos e faleceu.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]