Ação distribui gratuitamente 500 coletores menstruais e calcinhas reutilizáveis no Alemão

Meninas e mulheres da Terra prometida foram beneficiadas pela iniciativa da equipe de Responsabilidade Social do Voz das Comunidades
Foto: Guilherme Holanda
Foto: Guilherme Holanda

A equipe de Responsabilidade Social da ONG Voz das Comunidades, em parceria com a empresa Inciclo e a influenciadora feminista Hana Khalil, distribuiu 500 coletores mentruais e calcinhas reutilizáveis na Terra Prometida, Complexo do Alemão, no dia 03 de março, quinta-feira.

Foto: Guilherme Holanda / Voz das Comunidades

A pobreza menstrual é um problema que afeta milhares de brasileiras, principalmente de baixa renda. A situação é devido não só a falta de acesso à informação, mas também recursos, ocasionando no não alcance pleno da capacidade de cuidar da sua menstruação.

Além disso, o problema piorou no último ano por conta do veto do presidente Jair Bolsonaro. Com isso, ficou proibida a distribuição de absorventes a estudantes e pessoas pobres. 

Orientações de como usar foram distribuídas
Foto: Guilherme Holanda / Voz das Comunidades

Segundo o Censo feito pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), mulheres representam mais de 51% da população da comunidade.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]