CDD Esperança acontece neste domingo (18) às 12h

O evento será no AP CDD, terá doação de brinquedos brincadeiras e até cortes de cabelo para a criançada
CDD-Esperanca-4

No próximo domingo, dia 18 de outubro, vai acontecer na Cidade de Deus, zona Oeste do Rio, o CDD Esperança, que é uma grande festa para as crianças moradoras da comunidade. A festa, que ocorre há anos, chega a sua 19° edição.

Como começou o CDD Esperança

No dia 26 de setembro 2001, após o grave acidente de moto do filho e neto mais velho Pedro Paulo Lopes, Gisela Lopes e sua mãe Wilma Lopes fizeram a promessa religiosa de que se o jovem, na época aos 16 anos sobrevivesse, elas iriam durante sete anos realizar festas infantis. Seria uma forma de agradecimento pela vida de Pedro.

O que começou como uma pequena celebração, quase 20 anos depois se tornou uma marca registrada na Cidade de Deus. “Minha mãe e meu filho foram motivadores de fazer essa festa por conta daquele grave acidente. A promessa era por sete anos, só que a coisa foi acontecendo, foi ficando grande e deu continuidade. A expectativa é sempre muito boa, todo mundo abraça, eu todo ano falo que nunca vou fazer mas acabo sempre fazendo por conta dos moradores abraçarem”, conta a ex-auxiliar de cabeleireira  Gisela Lopes, de 60 anos.

CDD Esperança de 2019. Foto: Reprodução

Gisela faz parte dos movimentos sociais Frente CDD e SOS CDD, que assim como muitos outros moradores e movimentos como Bonde Bacard, ajudaram a construir o CDD Esperança ao longo dos anos. “É uma coisa que tem um desgaste danado, mas para mim é muito prazeroso. Ficar pedindo e pedindo às pessoas é uma coisa que eu já faço quase que automático. A minha família toda cai para dentro juntos, os amigos também ajudam é muito bom é um prazer para mim”.

A festa vai começar domingo às 12h no AP CDD. Não fique de fora dessa, e não se esqueça de ir de máscara e levar o seu álcool em gel! Quaisquer outras informações ou doações podem ser feitas através dos números: 21 96415 0648, 21 96490 8668 e 21 9644 9143. 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]