Coletivo Nós arrecada doações para comunidades do Cesarão e Rola 2

Sem Título-1

Foto: @viajantelirico

Através de uma vakinha online, o Coletivo Nós tem como objetivo arrecadar fundos para ajudar famílias das comunidades do Cesarão e Rola 2 em Santa Cruz, zona Oeste do Rio. Com essa arrecadação, o coletivo irá levar alimentos e kits de higiene para moradores que estão em estado de vulnerabilidade devido à pandemia do coronavírus.

“Essa região é extremamente esquecida pelo poder público. De forma voluntária a gente está tentando ajudar. Muitas pessoas perderam seus empregos e estão aguardando o auxílio do governo, outros não têm direito. A realidade diverge do direito de estar em quarenta, muitas família vivem em casas com 2 cômodos e 8 pessoas. Então a partir daí a gente tá fazendo toda mobilização coletiva possível pra ajudar.”, relatou o jovem Kawan Lopes.

Além disso, serão entregues máscaras para crianças de 4 a 12 anos através da campanha “Criança Contra o Corona“, que utiliza estampas coloridas e com desenhos como forma de atrair para o uso dessa proteção. Para colaborar com o projeto, basta clicar aqui e fazer a sua contribuição, que será de grande ajuda para as famílias atendidas.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]