Cinema no Morro: Centenas de crianças da Vila Cruzeiro se divertem no Konteiner

A garotada assistiu Pantera Negra com direito a muita pipoca, guaraná, cachorro-quente, milho e até chocolate
Cinema no Morro

O evento acontecerá toda primeira segunda-feira do mês com entrada gratuita e o lanche é 0800 garantido

Um cinema a céu aberto no alto da Vila Cruzeiro reuniu cerca de 300 crianças do Complexo da Penha, onde aconteceu na última segunda feira (10). O Cinema no Morro é uma iniciativa do Konteiner (Rua Ardíria 119) juntamente com o Voz das Comunidades, que cuida da responsabilidade social do espaço.

O evento busca proporcionar opções de lazer e cultura aos moradores que da favela e nesta ação o foco foram as crianças, uma vez que foi percebido que muitas delas nunca tiveram a oportunidade de irem a uma sala de cinema ver um filme.

‘Tenho um amigo que tem 28 anos que nunca foi ao cinema. Fiquei até espantado quando soube, já que pra gente é algo comum. Tô muito feliz e já estamos aqui pensando em fazer mais projetos voltados para a criançada. Como o Konteiner só abre fim de semana, vamos aproveitar os outros dias trazendo atividades e lazer para os moradores daqui da Vila Cruzeiro.” conta Dodo, um dos empresários da casa de shows.

Os pequenos assistiram o longa Pantera Negra, com direito a muita pipoca, guaraná, cachorro-quente, milho e até chocolate. Segundo os organizadores, o evento acontecerá toda primeira segunda-feira do mês com entrada gratuita e o lanche é 0800 garantido.

Fica aí o convite a toda a criançada do Complexo da Penha. É uma ótima opção de lazer e a oportunidade para levar seu filho para viver essa experiência.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]