Ação de Natal do ‘Voz das Comunidades’ bate recorde de doações

porumnatalmelhoroito

12ª edição da “Por um Natal Melhor” deste sábado (16) entregou 500 cestas básicas nos Complexos do Alemão e Penha

A ONG Voz das Comunidades realizou neste sábado (16), a 12ª edição da “Por um Natal Melhor”, campanha que distribui cestas básicas para famílias carentes dos Complexos do Alemão e agora, pela primeira vez, da Penha, zona norte. A ação bateu o recorde de arrecadação, foram 500 cestas básicas distribuídas por cerca de 50 voluntários que às 7h da manhã já estavam na sede da organização.

Dentre as famílias que receberam a cesta, estava a de Claudio Ferreira, 61 anos, desempregado. Ele é morador do Morro do Adeus. Além dele, moram na sua casa seis pessoas, entre esposa, também desempregada, e filhos.

- Moro aqui há 40 anos e é a primeira vez que recebo a cesta, veio em ótima hora. - Contou o idoso. Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades
– Moro aqui há 40 anos e é a primeira vez que recebo a cesta, veio em ótima hora. – Contou o idoso. Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Divididos em cinco vans, os voluntários entregaram as cestas em mais de 12 localidades: Capão, Casinhas, Favelinha da Skol, Inferno Verde, Matinha, Pedra do Sapo e muitas outras. No Complexo da Penha as doações foram feitas nas favelas Caixa d`agua, Favelinha, Sem Terra e Sereno. Segundo dados do Censo do IBGE de 2010,  60 mil pessoas moram no Complexo do Alemão, e mais de 40 mil na Penha.

Para Gisele Alves, modelo, que esse ano foi voluntária pela terceira vez da ação, ganha mais quem distribuiu a cesta do que quem recebe. “Eles ganham a cesta mas esse não é o maior presente de Natal. O amor, o carinho e o olhar de gratidão que recebemos deles vale mais que muita coisa. A gente vê que não temos motivos para reclamar da vida”.

Criador da ONG e idealizador da ação, Rene Silva, contou que a expectativa para o dia do evento é grande: “É muito gratificante pra gente. É uma das ações que os voluntários, principalmente, ficam o ano inteiro pensando em como vai ser, e ela acaba ajudando muitas pessoas que estão em situações de desemprego, que não recebem nenhum recurso do governo, têm muitos filhos. A gente prioriza essas famílias. É um motivo de muita alegria pra nós poder contribuir com o Alemão. E agora com a Penha, é só um passo para começar nas outras comunidades.“

 

Para a realização da ação, a ONG fez uma campanha de arrecadação de alimentos nas redes sociais e contou com a ajuda de padrinhos da instituição como Luciano Hulk, Preta Gil, Fábio Porchat, Deborah Secco e Fernanda Paes Leme.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]