Associação de moradores promove reunião para debater segurança pública no Complexo do Alemão

Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Encontro contou com a presença de representante da Defensoria Pública

Os presidentes das associações de moradores do Complexo do Alemão organizaram na tarde desta terça-feira, 23/05, na Praça do Zumbi, na Alvorada, uma reunião com os moradores e o representante da Defensoria Pública, Pedro Strozenberg, para debater os problemas da segurança pública no local.

Os moradores reclamaram, um a um, dos abusos policias que vivem constantemente. Uma das presentes disse que policiais militares continuam, mesmo depois de uma liminar da justiça determinando a saída, ocupando a sua casa, na Alvorada.

Outras mulheres presentes relataram casos de assédio e de abuso de autoridade dos policiais. “Eles chamam a gente de tudo quanto é nome, de noite, quando estamos passando, eles xingam a gente, 炒外汇入门 é horrível”. E continuou, “eu já até ouvi dizer que eles chamam algumas mulheres de fábrica de traficantes. Eu sou trabalhadora, cidadã de bem, eles não podem fazer isso com a gente não”.

Cerca de 40 moradores participaram da reunião, que aconteceu na Praça do Zumbi - Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Cerca de 40 moradores participaram da reunião, que aconteceu na Praça do Zumbi – Foto: Renato Moura/Voz Das Comunidades

Após os moradores terminarem as suas falas, Pedro Strozenberg disse que estava acompanhando de perto os casos de abuso de autoridade, especificamente no episódio da invasão da casa de moradores por policiais. Pedro ainda disse que os moradores podem ligar para o número da defensoria, 129, de graça, para denunciar esse tipo de caso.

Segundo o presidente da associação de moradores da localidade da Nova Brasília, conhecido como Marquinhos, na próxima reunião o Ministério Público e o Conselho tutelar serão chamados para que todos trabalhem de forma integrada.

Marquinhos afirmou que o comandante da UPP Nova Brasília, major Leonardo Zuma, foi convidado para a reunião, mas não compareceu.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]