Audiência pública sobre Empreendedorismo na Favela acontece na Casa Voz

IMG-20190507-WA0013

O encontro de empreendedores será na próxima quinta, às 10h

Empreender dentro da favela é na maioria das vezes uma forma de escapar do desemprego, ou ter uma renda extra para somar no final do mês. Seja uma loja de açaí ou um mercadinho é preciso ser um bom empreendedor para o negócio dar certo.

Sabendo dessa realidade que cresce cada vez mais nas favelas do Rio de Janeiro, a Casa Voz irá receber na próxima quinta-feira, dia 05 de maio às 10h a Primeira Audiência Pública com o tema Empreendedorismo em Favelas e Periferias, presidida pelo deputado Renan Ferreirinha.

Guilherme Lopes da Brum Hub, Priscila Costa da Cufa e Favela Holding Cufa, Alexandre Cerqueira do Embala Educação/ Favela Hub, Mc Martina e Edimara Freitas da Frente Favela Brasil e Favela Vai Voando, também são alguns dos convidados que irão compartilhar suas experiências e conhecimentos em como empreender.

Portanto, você morador que é um empreendedor ou tem interesse pelo assunto, sinta-se convidado e saiba mais desse mundo do empreendedorismo.

A Casa Voz fica na rua Engenheiro Manoel Segurado, n° 228 – Morro do Adeus / Complexo do Alemão.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]