Centro Cultural Oca dos Curumins recebe Roda do Amar e Oficina de Jongo à partir da próxima quinta (20)

Oca dos Curumins
Oca dos Curumins

Importante espaço de cultura e educação no Complexo do Alemão, o Centro Cultural Oca dos Corumins recebe à partir da próxima quinta (20) a Roda do Amar e a Oficina de Jongo.

O espaço que além de proporcionar aulas de reforço escolar e alfabetização para crianças, jovens e adultos, é também um espaço de convívio com atividades como capoeira e jongo.

JONGO:

De origem africana do Congo-Angola, o jongo ou caxambu chegou ao Brasil-Colônia através dos negros de origem bantu que chegaram escravos para o trabalho forçado nas fazendas de café no interior dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

A dança que era feita pelos escravos em dias de santos católicos, era um alento para nação que tanto sofria. O jongo era um dos poucos momentos de paz, alegria e também de confraternização entre eles.


Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]