Coletivo DONAS promove encontro feminista no próximo sábado no EDUCAP

O EDUCAP fica na Rua Canitar S/N próximo ao campo do sargento – Complexo do Alemão
54434945_2086239741429935_5979686789294587904_o

O Coletivo DONAS é um coletivo feminista criado em 2017, formado por mulheres e para mulheres. De forma descontraída e informal o objetivo é compartilhar informações e promover ações de interesse feminino, principalmente às mulheres periféricas da zona norte do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense. Movimentos como esse é de suma importância para o entendimento das mulheres. Saber o que é feminismo e se informar sobre temas que norteiam o cenário feminino é libertador e trás a luz os direitos e poderes das mulheres. Além das ações promovidas, o Donas busca também fomentar o fortalecimento da sororidade e irmandade feminina, pois
acreditam que a construção de uma sociedade mais justa e igualitária deve passar pelo empoderamento, participação política e ascensão das mulheres.

Se você quer estar bem informada sobre temas como feminicídio, empoderamento, auto valorização entre outros assuntos, você pode encontrar as meninas do Donas para o Café Com As Donas, uma experiência com bastante conversa e conteúdo no dia 08 de fevereiro às 10h no EDUCAP.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]