Complexo do Alemão ganha nova escolinha de artes marciais dos Irmãos Nogueira

whatsapp-image-2016-09-20-at-20-09-42
Foto: Rogério Santana / Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude

Além do Alemão, Vila Cruzeiro e Mangueira iniciam a expansão do projeto que terá seis núcleos de artes marciais na Zona Norte

Nesta terça-feira (20), foi inaugurada no Complexo do Alemão uma nova unidade da escolinha de luta dos Irmãos Nogueira. A iniciativa faz parte do projeto “Luta: Escola da Vida” promovida pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje). Já são 95 inscritos para as modalidades de Luta Livre, Muay Thai e Jiu-Jitsu.  Outras duas unidades também começaram na Vila Cruzeiro e na Mangueira. A escolinha tem metodologia de ensino de artes marciais desenvolvida pelos irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, referências dos octógonos. Em todos os núcleos, os professores são qualificados pela própria Team Nogueira, responsável por revelar ninguém menos que Anderson ‘Spider’ Silva, e passam por treinamentos regulares. O projeto oferece seis modalidades: Judô, Jiu-Jitsu, MMA, Muay Thai, Boxe e Luta Livre distribuídas conforme as demandas de cada unidade.

whatsapp-image-2016-09-20-at-20-09-37
Foto: Rogério Santana / Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude

O projeto teve início no último dia 13, na Baixada Fluminense. Jardim Gramacho, bairro de Duque de Caxias onde ficava localizado o antigo lixão, e Nova Iguaçu ganharam núcleos, um em cada município e já somam cerca de 500 pessoas beneficiadas. Até o próximo mês a expansão ainda contemplará a comunidade do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, com aulas de Jiu Jitsu, Judô, Boxe, Wrestling e MMA.

– O projeto cresceu, pois era apenas um núcleo e, com a renovação da parceria, são seis agora. Isso significa um aumento de oportunidades. Os alunos têm a chance de treinar em uma escola bem equipada e seguir o caminho do bem, por meio do esporte. Um caminho que eu e meu irmão Minotauro seguimos desde criança e por ele, viajamos o mundo todo: do Japão aos Estados Unidos. Tenho certeza de que todos vão poder seguir da mesma forma. Todo dia você tem que acordar com mais vontade e determinação e dar o melhor de cada um – motivou Rogério Minotouro.

“O Minotauro e o Minotouro foram os percursores do vale tudo no Brasil e, por isso, são referência de perseverança e exemplos para a vida de cada um dos alunos. Aqui, nem todo mundo vai para o esporte, mas com certeza todos terão novas perspectivas de vida, novos amigos, além de novas oportunidades em virtude deste projeto”, declarou o secretário Marco Antônio Cabral.

whatsapp-image-2016-09-20-at-20-09-44
Foto: Rogério Santana / Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude

 

Moradora do Complexo do Alemão, Ellen Beatriz de Melo se inscreveu esta semana na Luta Livre. De acordo com a jovem, de 14 anos, a atividade física vai proporcioná-la a ocupação do tempo. “Já queria fazer uma luta e minha cunhada me avisou sobre o projeto. Ontem mesmo já tive a primeira aula e achei bem interessante. Os professores são bem maneiros. Acho que vai melhorar bastante meu preparo físico e até vou poder emagrecer”, revelou Ellen.

A Unidade do Alemão fica em Inhaúma, na Rua Adhemar Bebiano, 1790, próximo a fábrica da Plus Vita. Na Vila Cruzeiro o projeto será realizado no Brizolão Monteiro, na rua São Vicente de Paula, 625 e a Mangueira receberá os alunos na Vila Olímpica, Rua Visconde de Niterói.   

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]