Escola do Alemão oferece vaga de monitor para atuar no Infoponto do Colégio Tim Lopes

O Curso de Ensino a Distancia Escola do Alemão (EAD) abre inscrições nesta segunda-feira (12) de quatro vagas para monitores de acompanhamento da sala presencial do EAD no Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes. Os candidatos selecionados à vaga receberão bolsa de R$ 400,00.

Os interessados precisam ter entre 16 e 24 anos; ter disponibilidade nos turnos manhã ou tarde, em um período de quatro horas; morar no Complexo do Alemão; estar cursando ou ter concluído o ensino médio; e apresentar domínio em informática e internet.

Os currículos devem ser enviados entre 12 a 15 de dezembro aos e-mails [email protected] e [email protected]

Após a seleção, os candidatos terão que apresentar documentação exigida para inscrição em locais definidos pelos recrutadores. Leve cópia de documento de identificação, do CPF e do comprovante do endereço; comprovante de escolaridade. Não é cobrada qualquer taxa referente à inscrição.

Seleção

ESTÁGIO CURSO A DISTANCIA ESCOLA DO ALEMÃO

Será constituída de duas etapas: análise de requisitos obrigatórios, do perfil e experiência do candidato, e por último, entrevista e teste de informática.

Telefone: (21) 3439-6786

E-mail: [email protected] e [email protected]

Site: www.escoladoalemao.com.br

Função: Monitor presencial para acompanhamento dos alunos do Curso de Ensino a Distância

Carga horária: 20 horas semanas – Manhã ou tarde em um período de quatro horas/dia

Vagas: 04

Bolsa: R$ 400,00

Benefício: alimentação

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]