Menina de 12 anos é baleada nesta madrugada na Alvorada, Complexo do Alemão

Nesta madrugada de 20 de outubro, por volta de 2h da manhã , uma menina de 12 anos de idade foi baleada no alto da Alvorada, comunidade onde funciona a base da UPP Nova Brasília. Acontecia um movimento cultural com moradores do Alemão e alguns turistas, quando de repente se ouviram 2 disparos de tiros. Até o momento não foi confirmado quem atirou, mas segundo os moradores presentes no momento foi a polícia que tinha visto um suspeito próximo da lanchonete que a menina foi comprar o lanche. A mãe estava desesperada e o pai quase foi preso porque está muito nervoso tentando conversar com os policiais na UPA do Alemão, pra onde a menina foi levada. Essas marcas de sangue foram registradas momentos depois dela chegar no local.

A mãe que estava em casa deitada já para dormir, levou um susto quando os vizinhos começaram a gritar que sua filha havia levado um tiro. Ela correu pra ver o que tinha acontecido e só tinham policiais ao redor. Desesperada, ela correu pro UPA na viatura da Policia que estava no momento.

Ainda não temos informações da polícia, e nem da UPA, mas o que foi relatado aqui moradores viram e entraram em contato com a gente.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]