Mesmo sem relatos de tiros Complexo do Alemão tem mais um baleado e morto na manhã de hoje

viatura_da_policia

Complexo do Alemão chegou a ter 21 dias de intensas troca de tiros

IMG_0447
Imagens de agentes das Upps Carregando um corpo que segundo moradores seria de Josimar Foto Enviada via Whatsapp do jornal Nº 21 99535 -9185

Toda vez que disparos são ouvidos em qualquer comunidade do Alemão, rapidamente através da internet os moradores das treze favelas compartilham mensagens e até mesmo áudios com os sons estrondosos dos tiros.  Na manhã de hoje foi diferente, o que rapidamente circulou pela a internet era a foto de mais um homem baleado e morto.

Josimar Oliveira da Silva de 18 anos foi baleado e morto na comunidade da Pedra do Sapo, parte alta do Conjunto de Favelas do Alemão. Segundo moradores não foi ouvido tiroteio na região no momento da morte de Josimar.

Segundo nota enviada para a nossa equipe pela a Assessoria de Comunicação e imprensa das Unidades de Policia Pacificadora através do comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Alemão, base da região onde Josimar foi morto, Policiais realizavam patrulhamento pela localidade da Pedra do Sapo quando entraram em confronto com bandidos, por volta das 10h30 desta quinta-feira (23/7). Na ação, um homem foi atingido e uma pistola foi encontrada no mesmo local. A vítima foi socorrida para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. O policiamento foi intensificado na região.

Pelo o WhatsApp do Jornal Voz da Comunidade (021 99535 – 9185) uma foto enviada pelos os moradores mostra agentes das unidades de policia pacificadora carregando em um lençol o que seria o corpo de Josimar.

Operação de rotina da Policia Militar

Na tarde de terça feira (21) um forte aparato policial foi visto pelas as ruas de acesso ao Alemão. Pelas as redes sociais, moradores postaram fotos dos carros blindados e de homens do Bope (Batalhão de Operações Especiais) passando pela as ruas. Já no inicio da noite um intenso tiroteio deu inicio em diversas comunidades do Alemão.

IMG_1050
Carro blindado do Batalhão de Choque patrulhando a Estrada do Itararé Foto: Betinho Casas Novas/Jornal Voz da Comunidade

 

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]