Moradores sofrem com problemas em apartamentos construidos pelas as obras do PAC

Moradora limpando a casa por causa do "alagamento" de esgoto. (Foto: Betinho Casa Novas)

Moradores sofrem com problemas diários em prédios construidos através do programa PAC do Governo Federal e Estadual. No dia 28 de agosto desse ano, a moradora Maria de Fátima dos Santos, de 48 anos, acordou junto com sua família com a cozinha totalmente alagada pelo o esgoto que entrava pelas as tubulações e encanamentos da cozinha.

Segunda a moradora, o apartamento que fica localizado na Estrada do Itararé já vem sofrendo problemas desde a inauguração do condomínio, com rachaduras, e tubulações de esgoto estouradas, a mesma já foi na central da EMOP (Empresa de obras públicas do estado do Rio de Janeiro) localizada em são Cristovão e recebeu a noticia “A empresa não Tem mais responsabilidade com os apartamentos.” diz dona Maria de Fátima.


Na ultima visita feita pelo o atual governador Luiz Fernando Pezão em um Conjunto Habitacional no Complexo do Alemão, o filho de dona Maria chegou a conversar com Ícaro Moreno Junior presidente da EMOP sobre o problema que ele e sua família sofria no apartamento, segundo eles, Ícaro prometeu que técnicos iriam até a residência averiguar o problema, mas não resolveram.

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]