Morre dona Sebastiana, a pessoa mais antiga do Complexo do Alemão

28032015-_MG_0666-640x360

Dona Sebastiana faleceu na manhã desta quinta feira em casa

Sebastiana de Souza nasceu no dia oito de abril de 1910 e faleceu dentro de casa após complicações na saúde. Segundo familiares, dona Sebastiana estava muito doente e teria pego pneumonia. O bisneto da idosa contou para nossa equipe que na última segunda feira a idosa pediu para reunir todos os membros da família, pois sentia que iria partir. “Ela já tava dodoi e desde segunda feira mandava recados para os parentes vim visitar ela porque ela tava indo embora…” Contou Cristian Francisco Santos de 21 anos. Uma ambulância da SAMU foi acionada para levar o corpo da idosa, que foi levado para o IML e aguarda liberação.

Em matéria feita pelo Voz da Comunidade com a idosa, no ano passado, Sebastiana contou as coisas que vivenciou no Alemão antigamente.  “Quando vim para cá, não existia bandido nem polícia. Era tudo mato e tinha pouquíssimas casas” relatou a idosa. Mãe de oito filhos, dona Sebastiana foi avó, bisavó e tataravó.

 

28032015-_MG_0659

Saiba mais sobre a Dona Sebastiana em: http://www.vozdascomunidades.com.br/destaques/moradora-do-alemao-de-105-anos-vive-bem-demais-so/

 

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]