Nossa arte não é crime! É o tema do Slam Laje no Complexo do Alemão que acontece neste domingo (04)

Evento vai debater sobre a criminalização da arte feita por negros e moradores de periferias
cropped-FE40F7F0-1CE2-427C-8748-E62A7272B2AD.jpeg

A história nos mostra que qualquer tipo de arte criada dentro das favelas, ou que tenha sido originalmente produzida por 

negros, são criminalizadas pelo sistema – algo que, infelizmente, continua acontecendo nos dias atuais. 

Nas últimas semanas, por exemplo, foi decretado a proibição de apresentações de artistas de rua dentro dos transportes públicos do Rio de Janeiro, prejudicando assim a vida de pessoas que através da arte ganhavam seu pão de cada dia.

“Nossa arte não é crime”. É com essa temática que vai acontecer a edição do Slam Laje no dia 04 de agosto. 

Foto: @pejopa/divulgação Slam Laje

Além das batalhas de poesia e passinho haverá também uma mesa de debate com Raull Santiago, AD Júnior, e mais dois convidados surpresas, e o lançamento do livro Pilares: Raízes Espelhadas, de Jessica Marcele e Jaque Alves.

O evento vai acontecer no Bar da Torre na rua da frente no Morro do Alemão, às 14h.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]