Projeto Judocas do Amanhã ganha troféu de melhor projeto social em competição no Espírito Santo

30261383_1006195739545630_5804686495688163328_n

Vestindo o quimono da solidariedade

O soldado Robson Aguiar, vestiu seu quimono e abraçou a causa do Projeto Judocas do Amanhã, que acontece no Complexo do Alemão, Rio de Janeiro. Ele pegou o seu roupão e arriscou seus golpes na luta contra a inclusão social.

O projeto Judocas do Amanhã, que funciona no Auditório da Biblioteca Parque do Alemão, na estação do teleférico das Palmeiras, no Complexo do Alemão, atende o total de 93 alunos e está transformando a realidade dos participantes.

No dia 8 deste mês, as UPPs levaram 24 atletas para participarem da Copa Brasil Sudeste de Judô, no Espírito Santo, sendo 13 da UPP da Fazendinha (Judocas do Amanhã), e outros 11 da UPP Macacos, e conquistaram 21 medalhas alcançando o segundo lugar na classificação geral.

Quadro geral de medalhas na Copa Brasil Sudeste:

UPP Fazendinha 
08 ouros
02 pratas
01 bronze

UPP Macacos 
5 ouros
04 pratas
01 bronze

O resultado  classificou todos os alunos para a próxima etapa, que será disputada em Santa Catarina, e os atletas do Projeto Judocas do Amanhã ainda trouxeram na mala o troféu de melhor projeto social do evento.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]