Sede da Defensoria pública pode ser construída no Alemão

Defensoria-RJ

Devido aos decorrentes tiroteios e mortes no Complexo do Alemão, está sendo cogitada a possibilidade de uma sede fixa da Defensoria Pública do Estado (MP-RJ) ser construída na comunidade.

“Pode ser uma proposta interessante formar um núcleo aqui dentro, algo fixo, que se estenda a todas as grandes comunidades para atender à demanda da população. O ideal é que houvesse um órgão da Defensoria Pública bastante próximo das grandes comunidades, mas o nosso orçamento ainda é muito reduzido. Existe este desejo de estreitar os laços para que a defensoria se faça presente, de forma contínua e diária, no seio das comunidades”, disse o defensor público Fábio Amado, para o site da EBC na semana passada durante uma caminhada pelas ruas do Areal, onde Eduardo de Jesus, de 10 anos, morreu no último dia dois de abril.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]