Seleção de agentes culturais em cinco favelas cariocas

O Observatório de Favelas e a Central Única das Favelas (CUFA) estão selecionando cem jovens de cinco favelas para participarem do projeto “Redes e Agentes Culturais das Favelas Cariocas”. A iniciativa inédita vai formar 100 jovens, com idades entre 15 a 29 anos, de Cidade de Deus, Complexo do Alemão, Complexo da Penha, Manguinhos e Rocinha, em produção cultural e pesquisa social.

O objetivo principal é apoiar o desenvolvimento de ações no campo da cultura, que venham ampliar o reconhecimento do papel das favelas na construção da cidade. As inscrições podem ser feitas de 22 de dezembro de 2011 a 9 de janeiro de 2012, enviando o currículo e formulário de inscrição para o endereço [email protected]

É preciso ter os seguintes pré-requisitos: ter participação na vida cultural do território; ter entre 15 e 29 anos; ser morador(a) dos territórios contemplados (ou ter atuação sistemática na área cultural nestas favelas); ter disponibilidade de 20 horas semanais.

O processo seletivo ocorre entre 10 e 20 de janeiro de 2012 e consiste em análise de
currículos e formulários de inscrição, além de entrevista com os candidatos. Cada jovem selecionado receberá uma bolsa no valor de R$ 400,00.

Via: Vivafavela.com.br

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]