SOLTA A VOZ: Após matéria feita pelo voz da comunidade rio luz resolve problemas de iluminação pública em postes no alemão

Foto: Betinho Casas Novas - Voz das Comunidades

Por conta da escuridão houve acidentes na comunidade. Moradores relataram a situação através do WhatsApp do Jornal Voz da Comunidade e problema foi resolvido em três dias

 

Foto: Betinho Casas Novas - Voz das Comunidades
Técnico da Rio Luz consertando um dos postes

Foi solucionado na manhã de hoje (09) o caso “Apagão” um  problema complicado em que os moradores da comunidade do reservatório viviam diariamente. Cerca de 10 postes da Rua São Domingos e Vila Valdir estavam com problemas na iluminação, deixando quem passassem por elas vulnerável a qualquer tipo de acidente. O presidente da associação de moradores do Reservatório Marcos Vinicius Santos, 39, mais conhecido como ‘Buruca’ contou a nossa equipe o “apagão” em que a comunidade vivia. “Já houve dois acidentes nesse beco por causa do escuro. Não tem como enxergar nada de noite. Uma moradora passando na hora tropeçou no buraco. Nada grave.” relata o presidente.

Nossa equipe entrou em contato com a Rio Luz logo após a denuncia, onde rapidamente fomos respondido. Em nota, a Rio Luz informou que iria fazer no dia seguinte uma vistoria na parte da noite para constatar o problema. Já na manhã dessa segunda feira (09) técnicos da concessionaria foram ao local e fizeram toda a manutenção dos postes das ruas. “Agora os moradores ficam até mais aliviados, da até um ‘brilho’ na comunidade, rs” conta entusiasmado o Buruca.

Foto: Betinho Casas Novas - Voz das Comunidades
Buruca, presidente da associação conversando com uma das moradoras do local onde existia o apagão

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]