TENSÃO: Alemão vive momentos de caos e terror em menos de cinco dias

IMG_8292

Em cinco dias, moradores do complexo do alemão viveram momentos de terror com tiros, bombas e feridos por todos os lados. No total foram 6  atingidos só esse ano. Na tarde de sábado dia 17 desse mês, Fernando Santos de idade não revelada, foi atingido por uma bala perdida enquanto voltava do trabalho, na localidade do Largo do Bulufa. Fernando é recém morador do alemão, veio do nordeste a pouco tempo em busca de uma vida melhor na cidade grande.

Na noite de domingo (25) um apagão tomou conta de algumas comunidades do alemão. Ao som de tiros e sem energia, moradores assustados contavam seus momentos de desesperos nas redes sociais, através de aparelhos celulares reportavam o momento de terror vivido naquela noite.

“Muito tiro aqui na minha rua, meu Deus do Céu…”conta uma moradora. “Meu vizinho acabou de ser baleado aqui na rua…” relata um morador em sua rede social sobre a segunda vitima de bala perdida desse ano no Conjunto de Favelas do Alemão. Rafael Silva Salles de 16 anos, foi baleado com um tiro no abdômen na noite de segunda feira (26) no campo do seu Zé comunidade da Fazendinha. No mesmo dia, três policiais foram atingidos. _MG_8308

Na tarde dessa quarta feira (28) o soldado Jathay foi atingido por estilhaços no rosto e em seguida socorrido para o Hospital Estadual Getúlio Vargas na Penha. Na tarde do mesmo dia, outro morador conhecido como “Zezé” foi atingido por bala perdida na comunidade. Com esse, aumenta para três o numero de moradores feridos por balas perdidas na comunidade somente esse ano.

Os dias de terror ainda permanecem na região, tiros são ouvidos todos os dias, moradores ilhados em suas próprias casas, comércios fechando as portas as pressas e o medo rondando a região. Devemos lembrar que os dias de aulas voltarão, e as ruas estarão cheias de crianças.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]