Vila Olímpica Carlos Castilho sob nova direção

phelps-visitou-a-vila-olimpica-do-complexo-do-alemao-no-rio-de-janeiro-1351609472030_956x500
 Luciano Medeiros Gomes
Luciano Medeiros Gomes

Na última sexta-feira (11/09), a Vila Olímpica Carlos Castilho teve sua gestão assumida por Luciano Medeiros Gomes, nascido e criado no Complexo do Alemão e administrador de empresas.

A Vila Olímpica foi fundada em 2002, pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (SMEL) oferecendo serviços como: basquete, capoeira, canto, dança, futebol, futsal, ginástica e outras atividades. O primeiro olhar após 13 anos passados é de que muitas atividades pararam ou deixaram de existir.

“Assumir a Vila Olímpica é um desafio, na primeira semana tem que ser feito um levantamento, análise de tudo, verificar o que funciona, o que está bom, emitir relatórios junto com outros profissionais e lutar pelas melhorias. Lutar pela comunidade é o principal, fazer para comunidade e pelas crianças. É muito importante pensar também em parcerias com quem atua aqui no Complexo do Alemão, para somarmos.”  Disse Luciano.

Luciano tem em seu currículo administrações da primeira FAETEC do Complexo do Alemão, presidência da SOS comunidades também no Complexo do Alemão e outros cargos relevantes.

Desejamos boa sorte e ótima gestão e acompanharemos o trabalho.

Colaboração: Henrique Pio

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]