Xandd Black, artista do Alemão, lança música nova e organiza sua primeira live

Com 15 anos de carreira, o músico também é vocalista do grupo de pagode Deixa Estar
WhatsApp Image 2020-06-02 at 11.57.44

O músico Xandd Black, morador da Nova Brasília, no Complexo do Alemão, lançou seu mais novo single da sua carreira solo. A música com o título “No chão da sala” já pode ser ouvida no seu canal do YouTube e terá o lançamento em outras plataformas digitais no dia 08 de junho.

“É um trabalho paralelo de compositor, inclusive essa música é de autoria minha, Gabriel Pauper e Alan Nascimento, onde eu resolvi divulgar nas redes sociais esse meu lado compositor. Convidei dois amigos, que são beatmakers, para fazer a batida e realizar um trabalho diferenciado. Deu certo.” conta Xandd que, além de músico profissional, é formado em contabilidade e também trabalha com mídias digitais.

Alexandre Pereira, desde os 11 anos, é apaixonado pela música, instrumentos musicais e pagode. Já participou de alguns grupos de pagode e hoje é vocalista no grupo Deixa Estar. Paralelo a isso, ele tem a sua carreira solo. Com 15 anos de trajetória musical, ele está organizando sua primeira live “Xandd Black entre amigos” que acontecerá no dia 21 de junho, no Espaço Complexidade Urbana, Complexo do Alemão. O objetivo é arrecadar doações para ajudar as pessoas nesse momento de pandemia.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]