Comunidades do Rio recebem doações de produtos de higiene

Campanha "uma mão lava a outra" do 15º Ofício de Notas já distribuiu unidades para a Rocinha, Jacarezinho e Santa Marta
Rocinha

Para ajudar no combate ao novo coronavírus (covid-19), o 15º Ofício de Notas do Downtown, na Barra da Tijuca, criou a campanha “uma mão lava a outra” para arrecadação de sabonetes que serão distribuídos em comunidades do Rio de Janeiro. A cada unidade doado por colaboradores ou clientes, o cartório doará mais um.

O objetivo da campanha é prestar auxílio às famílias das comunidades e conscientizar sobre a importância da higienização das mãos, uma das formas de evitar a infecção pelo vírus. Só nesta semana, as comunidades da Rocinha, Jacarezinho e Santa Marta receberam aproximadamente 1.500 sabonetes cada. 
 
“Em nome de toda a Rocinha eu quero agradecer ao cartório 15 pela doação. Tenho certeza que ela vai salvar muitas vidas em nossa comunidade”, disse Wallace Pereira, presidente da associação de moradores da comunidade.

O presidente da Ong Viva Jacarezinho, Maximiliano Vírgilio, agradeceu pelo gesto de solidariedade. “Vamos distribuir para toda a comunidade do Jacarezinho que tem verdadeiramente a necessidade de receber. Muito obrigado!’, disse.

O 15º Ofício de Notas  funcionará de segunda à sexta-feira, das 9h às 14h, e aos sábados de 9h às 14h, no Shopping Downtown, na Barra da Tijuca, até que a situação se normalize. Os interessados em contribuir devem comparecer à unidade, ou entrar em contato pelos nossos canais de atendimento: (21) 99002-2475;  3154-7161.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]