Encontro na FIOCRUZ marca 90 dias do assassinato da Vereadora Marielle Franco

WhatsApp Image 2018-06-14 at 4.43.21 PM

No próximo dia 16 de junho, das 9h às 13h, na Tenda da Ciência (Campus Manguinhos – Fiocruz), ocorrerá um debate sobre o tema “Os movimentos sociais e as lutas pela construção de alternativas democráticas frente às múltiplas faces da violência”. O evento marcar os 90 dias do assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol).

O crime aconteceu no bairro do Estácio, na Região Central do Rio, por volta das 21h30 do dia 14/03/2018, após Marielle ter participado do evento “Jovens Negras Movendo as Estruturas”, na Rua dos Inválidos, na Lapa. Além da vereadora, o motorista do veículo, Anderson Pedro Gomes, também foi baleado e morreu. Uma outra passageira, assessora de Marielle, foi atingida por estilhaços. A principal linha de investigação da Delegacia de Homicídios é execução.

Para marcar os 90 dias do assassinato da vereadora, a Universidade Popular dos Movimentos Sociais (UPMS), o Museu da Maré, o Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (Ceasm)  e a Fiocruz promovem a Sessão Pública “Marielle Vive”.

No encontro será realizado um debate sobre o tema “Os movimentos sociais e as lutas pela construção de alternativas democráticas frente às múltiplas faces da violência”. O sociólogo Boaventura de Sousa Santos, da Universidade de Coimbra, Nísia Trindade Lima, presidente da Fiocruz, e Cláudia Rose Ribeiro da Silva, coordenadora do Museu da Maré, farão a abertura do evento.

A Sessão Pública reunirá intelectuais e representações de cerca de 40 movimentos sociais atuantes no enfrentamento às diferentes expressões da violência, quais sejam, as de natureza institucional; aquelas refletidas na questão da terra e moradia; da saúde; da comunicação; de etnia, gênero e orientação sexual; da liberdade religiosa; da infância, adolescência e juventudes; contra os direitos humanos, entre outras.

Será um espaço para os representantes dos movimentos sociais compartilharem suas reflexões e propostas com gestores do setor público, parlamentares, academia e representantes da sociedade civil organizada.

SERVIÇO
Sessão Pública “Os movimentos sociais e as lutas pela construção de alternativas democráticas frente às múltiplas faces da violência – Marielle Vive!”
Data: 16 de junho
Horário: 9h às 13h
Local: Tenda da Ciência do Museu da Vida

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]