Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Espaço cultural Mães de Acari precisa de ajuda para reforma após enchente; saiba mais

Centro de atividades foi atingido por fortes chuvas; equipe tenta resgatar livros e equipamentos
Foto: Reprodução

O Espaço Cultural Mães de Acari, localizado em Acari, Zona Norte do Rio de Janeiro, é uma instituição que realiza ações sociais dentro da comunidade local. O espaço atua como mobilizador para a população, oferecendo serviços, como atendimento sociojurídico, rodas de conversa e aulas de música. Além disso, serve de base para ocoletivo Akari, que foi crucial durante o momento crítico da pandemia e fez a distribuição de cestas básicas para os moradores do bairro. Entretanto, atualmente atravessa problemas estruturais e precisa de ajuda.

Há uns meses, o bairro de Acari foi atingido por fortes chuvas e a estrutura do espaço também sofreu com o clima. A água invadiu o centro cultural, danificando móveis, equipamentos, livros e outros objetos no local.

Equipe tenta resgatar coleção de livros de Jorge Amado
(Foto: Reprodução)

A socióloga e comunicadora, Bruna Aguiar (conhecida como Buba Aguiar), militante pelo coletivo Fala Acari, falou sobre os problemas estruturais que o espaço se encontra hoje. “Perdemos caixa de som, projetor e muitos livros. A estrutura onde eles estavam cedeu. Perdemos também uma mesa enorme de escritório.”A equipe do coletivo fez uma mobilização para levantar fundos para reformar o local, mas não conseguiram o suficiente. Até a última quarta-feira (20), a equipe conseguiu comprar três prateleiras de ferro para a biblioteca, mas detectaram a necessidade de fazer mais algumas. Na última terça (25), a eletricidade foi restaurada no local.


Para auxiliar o Espaço Cultural Mães de Acari na restauração do espaço e na volta dos serviços à comunidade de forma integral, é possível realizar um depósito ou PIX. Quem está à frente da arrecadação é a própria Buba Aguiar que realiza e acompanha as ações no espaço. Por depósito bancário, a conta é no Banco Santander / Agência 3453 / CC: 01074963-3, no nome de Bruna S A Barbosa. Transações por PIX podem ser feitas na chave [email protected].

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]