Incêndio na Favela da Kelson’s deixa pelo menos 16 famílias desabrigadas

Fogo começou em galpão e atingiu casas na noite de segunda-feira (27); ninguém ficou ferido
Galpão incendiado na comunidade Kelson's / Foto: Matheus Guimarães / Voz das Comunidades
Galpão incendiado na comunidade Kelson's / Foto: Matheus Guimarães / Voz das Comunidades

Na noite do dia 27 de junho, por volta das 22 horas, moradores da Comunidade Kelson’s, na Zona Norte do Rio, identificaram chamas em um galpão da região, onde funcionava um ferro velho. O fogo logo se espalhou, atingindo casas próximas ao local.

Os bombeiros foram acionados imediatamente, mas as chamas só começaram a ser contidas duas horas depois. Pelo menos 16 famílias perderam tudo, e ninguém ficou ferido.

Nossa equipe esteve no local na quarta-feira (29) e conversou com uma das vítimas da tragéria.

Assista a seguir:

A equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social estava no local realizando o cadastramento das famílias para entender melhor a necessidade de ajuda a cada uma delas. Pessoas que não tinham para onde ir, foram encaminhadas para abrigos.

Familias vítimas de incendio recebem atendimento da equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social
Foto: Voz das Comunidades

Os bombeiros também estavam no local realizando o rescaldo do galpão para garantir que as chamas não retornassem. Até o momento, não foi identificado o que gerou o incêndio.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]