Marcos Barros, jornalista e coordenador de projeto social na Rocinha, falece no Rio

Também professor, tinha 42 anos e era referência como educador popular
Foto: Reprodução / Instagram Fala Roça
Foto: Reprodução / Instagram Fala Roça

No último domingo (24), veio a falecer o educador popular Marcos Cavalcante Barros. Marcos, além de professor, era coordenador do Pré-Vestibular Comunitário da Rocinha (PVCR). Era referência na educação para comunidades e sua atuação era muito reconhecida, uma vez que contribuiu para formação de jovens e adultos.

O PVCR é um projeto social da favela que auxilia moradores da Rocinha para se prepararem para o ENEM e vestibulares universitários. Ele funciona desde 1994. Marcos atuava como como voluntário no projeto.

O perfil do PVCR no Instagram se pronunciou diante do falecimento do jornalista. “É com enorme pesar que informamos o falecimento do nosso Coordenador, professor e querido amigo Marcos Cavalcante Barros. Nós, do Pré-Vestibular Comunitário da Rocinha, gostaríamos de expressar nossos mais sinceros sentimentos e solidariedade à família e amigos.”

Marcos Barros faleceu em decorrência de um acidente de moto ocorrido no sábado (23), em Botafogo, na zona sul do Rio. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Miguel Couto, mas não resistiu aos ferimentos. Tinha apenas 42 anos.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]