Parceria qualifica mulheres para o empreendedorismo em favelas do Rio

Iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social junto ao Renascença Clube, 60 mulheres que residem no Andaraí, Borel, Macacos e Salgueiro vão ser capacitadas
Foto: Laura Machado / Divulgação
Foto: Laura Machado / Divulgação

Moradoras das comunidades do Andaraí, Borel, Macacos e Salgueiro poderão se qualificar em Empreendedorismo. A ação vem de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e o Renascença Clube, que tem como objetivo criar novas oportunidades para 60 mulheres baseadas na economia criativa da cultura afro-brasileira e em práticas de cooperativismo e associativismo. A parceria foi firmada em cerimônia durante o tradicional Samba do Trabalhador, no dia 14 de fevereiro.

O plano, segundo a secretaria, é fazer com que os produtos e serviços delas sejam oferecidos e vendidos nas feiras e eventos que acontecem no Renascença, ao longo de todo o ano, e nas feiras organizadas pela Prefeitura do Rio na cidade. E, também, poderão ser comercializados pela loja virtual do clube e em diversas plataformas de vendas e-commerce.

Curso

O curso tem como objetivo deixá-las aptas a montar e gerir seus próprios negócios. As atividades serão realizadas de forma híbrida: online e/ou presencial, na sede do Renascença Clube.

A capacitação será composta de dois módulos: “Mentorias de Negócios” e “Empreendedorismo e gestão empresarial através de oficinas”, incluindo temas como finanças, marketing, ferramentas digitais, mídias digitais e gestão da marca.

Acontecerão rodas de conversas com palestrantes de casos de sucesso nas áreas de gastronomia, moda, beleza, arte, artesanato e serviços terapêuticos.

Inscrições

As interessadas poderão se inscrever indo até o Clube Renascença, na Rua Barão de Sã Francisco, 54, Andaraí (telefone: 3253-2322).

Ou, então, nos CRAS da região. São eles:

  • Itamar Franco, na Rua Caçapava, 305, Grajaú (telefone: 2268-8371).
  • Rosani Cunha, na Rua Visconde de Santa Isabel, 412, Vila Isabel (telefone: 3096-2789).
  • Tijuca, na Rua Guapiara, 43, Tijuca (telefone: 3872-3518).

As inscrições vão até 15 de março.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]