Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Passinho Carioca promove série de lives para celebrar o Dia da Favela

Normalmente, nesta data o grupo ocupa um espaço cultural, como Arena Carioca Dicró, na Penha, e inclui nas ações escolas e projetos parceiros, mas por conta da pandemia, este ano será através das redes sociais

Nesta quarta-feira, 4 de novembro, é o Dia da Favela. Para comemorar, o Passinho Carioca apresentará uma série de lives com diversas atividades que serão transmitidas através do Instagram. O objetivo é levar a reflexão sobre a importância desses territórios e de todos os envolvidos na luta em prol das comunidades.

Um dos idealizadores do projeto, Thiago de Paula, contou que além da celebrar o Dia da Favela, a data também comemora os 5 anos do projeto. “Escolhemos uma data que queríamos que tivesse sentido e um significado importante pra todos nós. Por isso o dia 4 de novembro que muita gente ainda desconhece, e queremos com isso mostrar a cada dia mais que somos de fato quanto favela e quanto projeto”, diz Thiago de Paula. 

Normalmente, nesta data o grupo ocupa um espaço cultural, como Arena Carioca Dicró, na Penha, e inclui nas ações escolas e projetos parceiros, mas por conta da pandemia, este ano será através das redes sociais.

Confira a programação completa a seguir:

  • 9h Thiago de Paula – Abertura 
  • 10h Prince Gugu – Charme e funk da antiga
  • 11h Júlia de Paula – Make
  • 12h Nayara Costa – Bate Papo
  • 13h RD Ritmado – Passinho 
  • 14h VN DB – AfroKrump
  • 15h Ayesca Mayara + BR Cypher
  • 16h Camilla Oliveira / Thaís Ateliê Odila – Penteado 
  • 17h – May IDD – Treino Livre 
  • 18h – Lançamento Vídeo Cover no Canal da Saah Yumi 
  • 18h30 – Estreia na Manha no do Passinho Carioca 
  • 19h – Segunda Sessão do Na Manha! 
  • 19h30 – Terceira Sessão Na Manha! 
  • 20h – Baile Do Rabisca On no facebook e youtube do Passinho Carioca com DJ Seduty
  • Daniel Poesia + Passinho
  • Iza Alongamento + Coreo
  • Thiago Funk em cena
  • Lançado o Pocketshow de Saah Yumi e a Carol Félix 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]