Promovendo a autoestima feminina, o projeto “O Glamour da Favela” premiará modelos Plus Size neste sábado

Conforme os organizadores, o evento seguirá as orientações do Ministério da Saúde referente à Covid-19
Evento o Glamour da Favela

Foto: O Glamour da Favela/Divulgação

Contribuindo na construção de uma sociedade com os valores mais saudáveis e diversificados, o projeto O Glamour da Favela premiará, neste sábado (1º de maio), as vencedoras da primeira edição do concurso de beleza Plus Size nas comunidades do Rio de Janeiro. Idealizado pela Musa Evolução Plus Size Verão Carioca Bangu 2020, Faby Costa, o evento acontecerá na Rua do Desenhista, na Vila Aliança, em Bangu.

Foto: Divulgação

Segundo Faby, o objetivo central do evento é demonstrar que a essência não pode ser avaliada por padrões preconceituosos impostos na sociedade, que relacionam o padrão de beleza com o seu peso.

“A minha intenção é trabalhar com a autoestima feminina Plus Size, realizando rodas de conversas e eventos, encaminhando essas meninas para o mercado de trabalho de modelo e assim fazendo com que elas enxerguem sua real beleza e essência, independente de padrões impostos pela sociedade.

Determinada com seus objetivos, Faby explica que possui a meta de expandir O Glamour da Favela para outras comunidades do Rio de Janeiro, pois enxerga a continuidade do projeto como algo essencial e natural para trabalhar cada vez mais as particularidades de cada corpo feminino. O evento, que ocorre neste sábado, conta com as participações especiais de Rodrigo Tinoco, Vinny Pereira, Grupo Terceiro ATO, Jaque Gomes, Bruna de Paula e Andrea Aggata.

Segundo os organizadores, todas as orientações do Ministério da Saúde e medidas preventivas serão seguidas referente à Covid-19, para assegurar a proteção dos convidados e colaboradores.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]