Reforma da democracia é tema de seminário na Maré

38858660_1855054594588794_4737046686344413184_n

PROGRAMAÇÃO INCLUI QUATRO MESAS DE DEBATE E RODA DE SAMBA 

O Observatório das Favelas, em parceria com a Fundação Heinrich Böll Brasil, vai receber em sua sede e também no Galpão Bela Maré o seminário “ A retomada da democracia e futuros possíveis: Debates, encontros, potência, superação e vida”. O evento  acontece nos dias 24 e 25 deste mês.

A ideia é se posicionar como um ponto de partida inspiradora e propositiva para aqueles que irão acompanhar, transmitindo e promovendo discussões e atividades culturais.

“Este seminário surge sustentado a partir da discussão da identificação do momento que vivemos, seu quadro geral e dilemas, discussão do pré-lançamento na sexta-feira. Da democracia, já na abertura do seminário no sábado. E avançando para o debate acerca da Comunicação e, por fim, gênero e raça, que inicia no encontro durante a última rodada de conversa e se encerra na roda de samba comandada pelas mulheres do “Negra Raízes”, explica  Rodrigo Azevedo coordenador da ESPOCC e Agência Diálogos / Observatório de Favelas.

O encontro de Sexta-feira, dia 24, será das 19h às 21h na Sede do Observatório de Favelas na rua Teixeira Ribeiro, número 535, Maré (esquina com a passarela 9 da Avenida Brasil) e o Galpão Bela Maré, que fica na  Rua Bittencourt Sampaio, 191 recebe o público às 10h.

As vagas são limitadas e inscrições gratuitas através do endereço: CLIQUE AQUI
Mais informações no evento: ACESSE O FACEBOOK

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]