Residência: Favelado 2.0 – Construindo Gambiarras para o Futuro

gatomidiafavelado2

O projeto GatoMÍDIA, patrocinado pela Fundação Via Varejo, hospedará em março uma residência em Mídia e Tecnologia: Favelado 2.0 – Construindo Gambiarras para o Futuro. Durante duas semanas, dez jovens selecionados participarão de rodas de convivências nos seguintes temas: fotografia 2.0, roteiro para programa no youtube, construção de texto criativo, ativismo na web, cobertura colaborativa, social mídia, criatividade 2.0, fanzine 2.0, hackeando o facebook, elaboração de projetos e empreendimento de ideias. Durante a residência também será produzido pelos participantes um documentário sobre jovens inovadores do Brasil a partir da perspectiva da favela como um território fértil e inovador capaz de produzir soluções criativas para os problemas da cidade.

Se você é morador de favela, entre 14 a 29 anos, você pode participar desse movimento. Os encontros serão no período da tarde e oferecerão uma bolsa auxílio de R$ 500 para cada participante.

As rodas livres serão ministradas por uma equipe de sete favelados inseridos na cultura de rede e que desenvolvem projetos autorais em plataformas digitais. A ideia é empoderar cada vez mais a cultura colaborativa na favela estimulando cada um a compartilhar conhecimento com outro, fortalecendo assim uma cultura de rede local de Favelados Conectados construindo seu próprio futuro.

12660442_10208499280420681_1142820977_n

Clique aqui e faça sua inscrição até 22 de fevereiro: http://migre.me/sRpdI

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]