Taça das Favelas Rio 2019 tem data marcada

image029

Considerado o maior campeonato de futebol entre favelas do mundo, A Taça das Favelas Rio chega a sua oitava edição com início programado para o próximo sábado, dia 2 de fevereiro

Com produção da InFavela, o início do torneio será celebrado com Encontro Técnico durante uma grande festa de abertura que vai lotar a sede da Central Única das Favelas (CUFA), organizadora da competição, no Viaduto de Madureira, às 10h.  A jornalista e apresentadora  Dani Christoffer e o ex-volante Marcão, ídolo do Fluminense, vão marcar presença no Encontro durante uma palestra que tem como objetivo contribuir com o conhecimento de jogadores, treinadores e participantes da Taça.

“A Taça das Favelas já é um campeonato tradicional no cenário carioca e brasileiro. Cada ano que passa, temos mais favelas e atletas querendo participar. Olheiros dos maiores clubes do Brasil vêm assistir aos jogos, o que torna a Taça uma grande vitrine”, explicou o coordenador de esportes da CUFA, Mário Love. “Mas acima de tudo, o campeonato é um grande fator de integração social, um dos maiores que se tem notícia no país”, concluiu.

A primeira partida acontece no Campo do Realengo, no final de semana dos dias 16 e 17 de março e a final está prevista para o dia 22 de junho, com transmissão ao vivo do Sportv. Além da emissora, a Taça das Favelas Rio conta com o apoio de PicPay, Friboi, Euro Sports, Box Mineiro, Vai Voando e Comunidade Door, SportTV e Rede Globo.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]