15 livros para você ler durante a quarentena

Arte: Raífe Sales / Voz das Comunidades

15 livros para você ler durante a quarentena

A leitura é um dos melhores hábitos que uma pessoa pode ter e, para quem gosta de ler, existe uma lista de vantagens a serem aproveitadas, sendo uma delas o aperfeiçoamento da escrita e da fala.

Quem lê enriquece o vocabulário, tem menor chance de errar na hora de escrever, e ainda dinamiza o raciocínio e a interpretação. Através da leitura temos possibilidade de ter contato com várias culturas diferentes, informações, conhecimentos e nos tornamos reflexivos, ou seja, formamos uma ideia própria e madura dos fatos. Além disso, a leitura também promove diversão, pois quem lê é levado a lugares inimagináveis, podendo dar asas a imaginação e vivendo experiências incríveis com os livros.

Nessa quarentena em que a maioria das pessoas precisam ficar em casa, a leitura pode ser uma grande aliada para passar bem por esse momento. Se você que gosta de ler ou quer aproveitar e dar início a esse hábito, segue abaixo algumas sugestões:

1- Minha História – Michelle Obama

O íntimo, poderoso e inspirador livro de memórias da ex-Primeira-Dama dos Estados Unidos.

2- Um defeito de cor – Ana Maria Gonçalves

Fascinante história de uma africana idosa, cega e à beira da morte, que viaja da África para o Brasil em busca do filho perdido há décadas. Ao longo da travessia, ela vai contando sua vida, marcada por mortes, estupros, violência e escravidão.

3- Sinto o que sinto: A incrível história de Asta e Jacer – Lázaro Ramos

Protagonizado pelo personagem Dan, já conhecido entre os fãs do Mundo Bita, ele discute temas importantes para crianças e adultos: sentimentos, ancestralidade, pertencimento, diversidade cultural, aceitação e respeito às diferenças.

4- O Milagre da manhã – Hal Elrod

A mudança de hábitos e a nova rotina matinal vão proporcionar melhorias significativas na saúde, na felicidade, nos relacionamentos, nas finanças, na espiritualidade ou quaisquer outras áreas que necessitem ser aprimoradas.

5- O pequeno príncipe – Antoine de Saint-Exupéry

Um clássico que todos precisam ler, um dos livros mais traduzidos do mundo, conta a história de um piloto que cai com seu avião no deserto do Saara e encontra um pequeno príncipe, que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana.

6 – A sutil arte de ligar o foda-se – Mark Manson

Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço. Uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante.

7 – O diário de Anne Frank – Anne Frank

O depoimento da pequena Anne Frank, morta por nazistas após passar anos escondida no sótão de uma casa em Amsterdã. Seu diário narra os sentimentos, os medos e as pequenas alegrias de uma menina judia que, como sua família, lutou em vão para sobreviver ao Holocausto

8 – Eu sou Malala – Malala Yousafzai e Christina Lamb

O livro acompanha a infância de uma garota no Paquistão que lutou pelo seu direito à educação e quase pagou o preço com a vida, seus primeiros anos de vida escolar, as asperezas da vida numa região marcada pela desigualdade social, as belezas do deserto e as trevas da vida sob o Talibã.

9 – Orgulho e Preconceito – Jane Austen

Nesse livro, aspectos diferentes são abordados: orgulho encontra preconceito, ascendência social confronta desprezo social, equívocos e julgamentos antecipados conduzem alguns personagens ao sofrimento e ao escândalo.

10 – Comédias para se ler na escola – Luis Fernando Veríssimo

Ana Maria Machado, leitora de carteirinha de Luis Fernando Veríssimo, releu durante meses textos do autor, e preparou uma seleção de crônicas capaz de despertar nos estudantes o prazer e a paixão pela leitura.

11- Calu: Uma menina cheia de histórias – Cássia Valle e Luciana Palmeira

O livro ressalta importância de trabalhar o sentimento de pertencimento da população para o patrimônio material e imaterial.

12- O feminismo é para todo mundo – bell hooks

O feminismo sob a visão de uma das mais importantes feministas negras da atualidade. Com peculiar clareza e franqueza, hooks incentiva leitores a descobrir como o feminismo pode tocar e mudar, para melhor, a vida de todo mundo. Homens, mulheres, crianças, pessoas de todos os gêneros, jovens e adultos. Todos podem educar e ser educados para o feminismo.

13- Abusado: O dono do Morro Dona Marta – Caco Barcellos

Um livro-reportagem sobre grandes corporações criminosas que comandam o tráfico de drogas e outras atividades criminosas no Estado. Através da história de Juliano VP (codinome de um conhecido traficante carioca)

14 – Se não eu quem vai fazer você feliz? – Graziela Gonçalves

Em seu emocionante livro de memórias, a viúva do cantor Chorão narra a história de amor dos dois.

15 – Insubmissas lágrimas de mulheres – Conceição Evaristo

Revela um retrato de solidariedade e afeição feminina, por tocar no que é essencial, no que move, no que aproxima e une mulheres e, em espacial, mulheres negras.

EXTRA: Coleção Black Power – Editora Mostarda

Leva o nome de um movimento pelos direitos dos negros ocorrido nos EUA nas décadas de 1960 e 1970, luta que, infelizmente ainda é necessária nos dias de hoje em diversos países. Acreditando no poder dos livros como força transformadora, essa Coleção apresenta biografias de personalidades negras que são exemplo para as novas gerações. Voltado para crianças e adolescentes, os livros da Coleção apresentam a biografia de pessoas ilustres que são exemplo de talento, dedicação e cidadania e que tanto lutaram para fortalecer a democracia e o direito dos negros à educação e à igualdade: Martin Luther King, Rosa Parks, Nelson Mandela, Barack Obama e Carolina Maria de Jesus.

Lembrando que muitos livros podem ser encontrados em formatos digitais também. Então, além dessas dicas, muitos outros estão disponíveis gratuitamente em sites como o da Amazon, nesse período de quarentena. Deste modo, escolha um livro que você se interesse, separe um tempinho e boa leitura!

Deixe comentário