Ontem teve festa e funk no Palácio Guanabara

PAT

 

Caminho Melhor Jovem premia jovens vencedores do PAT 2015

O Palácio Guanabara foi invadido por uma juventude que não está para brincadeira. 37 jovens protagonistas, divididos em 16 projetos, ganharam a quantia de R$ 12.000,00 para financiar as atividades de execução de ações que visam o fortalecimento e desenvolvimento local das comunidades com unidades do Caminho Melhor Jovem. A edição do edital “Plano de Autonomia Territorial” – PAT 2015, contou com a participação de jovens de sete comunidades do Rio de Janeiro, onde até três projetos por unidade foram contemplados. No evento, houve o anuncio e entrega de cheques simbólicos para os grupos vencedores e muita animação por conta de um grupo de batalha do passinho formado por jovens participantes do programa.

PAT 3

Essa oportunidade oferecida pelo CMJ em parceria com o SEBRAE, visa desenvolver potenciais individuais em projetos coletivos. Para tal, são oferecidas oficinas sobre elaboração, execução e conclusão de projetos, para os jovens conseguirem colocar a sua ideia no papel.

Para participar do edital, é preciso ter entre 15 e 29 anos (sendo que o proponente deve ser maior de 18 anos) e estar inscrito em uma das unidades do Caminho Melhor Jovem (Manguinhos, Cidade de Deus, Jacarezinho, Alemão, Penha, Maré e Borel & Formiga), recebendo atendimento individual e com o Plano de Autonomia do Jovem (PAJ) elaborado.

Parabéns aos vencedores!

Ano que vem tem mais!

 

POr: Ericson CMJ -Alemão

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]