2,5 mil vagas para cursos de capacitação de mulheres estão abertas; saiba como se inscrever

As inscrições vão até o dia 10 de julho e podem ser feitas online ou nas unidades da Casa da Mulher
Foto: Reprodução/Prefeitura do Rio
Foto:Reprodução/Prefeitura do Rio

Estão abertas as inscrições para cursos e oficinas de capacitação para mulheres a partir dos 16 anos do município do Rio. A Secretaria de Políticas e Promoção da Mulher disponibiliza mais de 2500 vagas, com candidaturas até o dia 10 de julho. As  interessadas poderão fazer a inscrição pela internet ou presencialmente em uma das Casas da Mulher Carioca.

As mulheres terão a opção de escolher entre os cursos de informática básica para a terceira idade, cuidadora de idosos, inglês básico, designer de sobrancelhas entre outros. Para oficinas, por exemplo, estão disponíveis vagas para confecção de bolsas e artesanato afro-sustentável. 

Casa em Realengo, na Zona Oeste, é um dos locais que receberão os cursos e oficinas
Foto: Reprodução / Casa da Mulher Carioca Dinah Coutinho

Inscrições

As inscrições podem ser feitas através do link a seguir (https://survey123.arcgis.com/share/17a5c40679804b339c358b5750cb21fe) ou em uma das casas da Mulher Carioca.

A unidade de Madureira (Casa Tia Doca) fica situada na Rua Júlio Fragoso, 47 e a de Realengo (Casa Dinah Coutinho), na Rua Limites, 1349, das 10 às 14h. Para as inscrições presenciais, as mulheres precisam levar um documento com foto, CPF e comprovante de residência. 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]