A moda que corre as ruas das comunidades do Rio de Janeiro

favelaeefhasin

Projetos como o Favela é Fashion (FéF) vem mudando a vida de muitos jovens da favela e conquistando o mundo. O trabalho da Juliana Herink, produtora de moda e criadora do FéF se tornou inspiração para uma jovem de Passos, município do interior de Minas Gerais. A mineira de 23 anos, Saynara Silva, se formou em designer de moda e ao realizar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), optou por relatar sobre a moda que corre as ruas das comunidades do Rio de Janeiro.

Saynara Silva, 23 anos e moradora de Passos, município do interior de Minas Gerais. Foto: Arquivo Pessoal
Saynara Silva, 23 anos e moradora de Passos, município do interior de Minas Gerais. Foto: Arquivo Pessoal

“Escolhi esse tema porque admiro toda pessoa que corre atrás dos seus objetivos sem se importar com os obstáculos, pois sabemos bem a injustiça e da desigualdade social existente no nosso país. Assim como vejo em vários outros lugares as pessoas em sua maioria não possuem oportunidades iguais para vencer. Escolhi a comunidade Complexo do Alemão porque se pudesse conhecer com certeza optaria por ela, e me encanta ver pessoas tornando reais  seus próprios sonhos e os sonhos daqueles que os rodeiam”, contou a estudante de designer de moda ao jornal Voz da Comunidade.

No momento em que ela entrou em contato com a Juliana Herink através das redes sociais, teve uma resposta positiva e que a deixou mais empolgada com o tema do TCC. A produtora de moda se dispôs a ajuda-lá e a acompanhar todo o processo do temível Trabalho de Conclusão de Curso.

“Depois de muito pesquisar finalmente encontrei alguém que tinha todas as ferramentas necessárias para me orientar e um coração enorme. Como era de se esperar ela se dispôs a me ajudar, estou falando de Juliana, fundadora do Favela é Fashion, que consiste em transformar sonhos em realidade. E a cada dia que se passava eu me apaixonava mais ainda por cada história e por cada detalhe”, concluiu a jovem mineira admirada com o trabalho do Favela é Fashion.

O trabalho do Favela é Fashion faz a diferença na vida dos moradores do Complexo do Alemão e que sonham em ingressar no mundo da moda. Os jovens da favela estão conquistando espaços importantes no mundo e para que isso continue acontecendo, eles devem continuar sendo incentivados e apoiados pela sociedade.


Sobre o autor:

e3IiEJEPMe chamo Gabrielly Coelho, sou mineira e tenho 17 anos. Estudante apaixonada por jornalismo e colunista do portal Voz das Comunidades.

https://twitter.com/gabicsantos

 

 

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]