‘Anjos Caídos’: Morcego e Maria lançam música sobre a vida

xghxfghjfg

Por: Wesley Brasil

Qual é o sentido da vida? A pergunta que persegue a humanidade fica no ar para quem assiste ‘Anjos Caídos’ pela primeira vez. Longe de encontrar uma resposta fechada para isso, Morcego e Maria lançam uma track que explora toda a poesia e beleza que há na tristeza, ou, na contemplação da vida – e consequentemente na tristeza que os dias mal aproveitados trazem.

Ainda na ressaca de ‘Imortais e Fatais’ de Baco Exu do Blues, que me deu um soco na cara com frases como ‘você aproveita a vida mas quer a imortalidade’ ou ainda a rima ‘Ser humano não se contenta com nada/É tipo ter a mulher perfeita e sonhar com outra pelada’, Morcego nos joga de uma vez por todas na lona apresentando a estética suburbana e a beleza dos pequenos momentos da vida que não têm nada a ver com dinheiro.

Para os menos informados, Morcego é um dos nomes mais respeitados na cena das batalhas de rima pelo país e foi três vezes campeão da famosa Batalha do Conhecimento que acontecia no Museu de Arte do Rio. Seu trabalho já passou de 7 milhões de visualizações no YouTube e trabalhou com nomes de peso na cena do rap como Oriente, Braza e Sant.

Queimando páginas do livro da vida, o outrora ‘pássaro negro’ Mateus Costa encarna de uma vez por todas seu vulgo Morcego e parece buscar sua liberdade abordando temas ainda mais profundos e universais, que atormentam a raça humana ao redor do planeta. “Tudo é uma farsa, somos anjos caídos”, ele repete ao lado de Maria, escancarando a fragilidade da vida e ao mesmo tempo a divindade que há em cada um de nós.

Se a igualdade é o passo fundamental para a liberdade, Morcego explora isso mesclando imagens de pessoas diferentes convivendo alegremente no mesmo lugar. “No mundo atual tá todo mundo se matando por dinheiro procurando um paraíso que já se encontra dentro de si”, explica Morcego.

O clipe de ‘Anjos Caídos’ foi gravado na Cidade Alta, favela onde Maria residiu uma parte da sua vida. Junto do cenário, a favela trouxe as amigas que ajudaram nos bastidores e até seus parentes foram parar na frente das câmeras: avó e tio fazem participações especiais.

Por trás das câmeras, o diretor Sandiego Fernandes assina não só a direção, mas também capitaneia o barco da Blakkstar Entretenimento que assina todos os aspectos visuais do clipe. A produção musical é assinada por Pedro Breder, que já trabalhou com artistas como Anitta, Kevinho, Lexa e outros.

‘Anjos Caídos’ já está disponível nas principais plataformas virtuais de música e o clipe pode ser assistido em:

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]