#ArtigoDeOpinião: Piscininha, amor. E refresco pra criançada!

Texto: Beatriz Diniz

Calor insuportável, né? O calorão na cidade do Rio rende memes, mas né brincadeira não. Criançada sofre pra caramba: brotoejas, mais irritação, desidratação. E é pras crianças a dica do Voz Ecoa nesse Verão quente pra dedéu. Bora refrescar!

A melhor bebida pra gente saciar a sede e enfrentar o calor é água. Água purinha é o que sempre sacia a sede e hidrata o corpo. Então, é água o que a gente mais tem que beber e dar pras crianças beberem.

Além de beber bastante e dar bastante água pras crianças nesses dias de calorão, a gente tem que se ligar que refrigerantes, refrescos de guaraná e refrescos em pó não acabam com a sede e nem hidratam, porque têm muito açúcar. Todas essas bebidas são uma injeção de açúcar nas crianças.

Açúcar é uma importante fonte de energia pro corpo. Só que açúcar demais pode causar vários problemas pra saúde das crianças. Calor dá sede, dá vontade de tomar bebidas geladas, o corpo pede. Refrigerantes, refrescos de guaraná e refrescos em pó só dão pro corpo açúcar, açúcar, açúcar e mais açúcar (aliás, por isso são chamadas de bebidas açucaradas). A sede vai continuar. O corpo não vai ter a sede saciada e vai continuar pedindo hidratação.

Mas como hidratar as crianças nesse calorão sem encher elas de açúcar?

Essa é a dica do Voz Ecoa: hidratar as crianças sem encher elas de açúcar, fazendo seus próprios refrescos mais saudáveis e naturais! A gente aproveita o poder de hidratação da água, faz frutas e polpas de frutas renderem mais e deixa de enricar os donos das marcas de bebidas açucaradas (cheias de substâncias químicas, com sabor, aroma e cor artificiais).

Refresco é o suco da fruta diluído em água. É uma bebida com mais água do que suco. E ter mais água é o que faz do refresco uma bebida perfeita pras crianças nesse calorão: hidratante, nutritivo, fácil de fazer, econômico e com gostinho e açúcar naturais da fruta.

Uma laranja que você espreme em um litro de água já é um ótimo refresco pra criançada, por causa das vantagens de ter a vitamina C e açúcar naturais da fruta e de você poder adoçar sem exagerar no açúcar. Fazer uma laranjada não demora 5 minutos e nem precisa de espremedor, dá pra espremer a laranja direto na água.

É o que faz a Maria de Lourdes pra filhota Marianna, de 4 anos. Conheci as duas no ponto de ônibus, Marianna tava bebendo um refresco de guaraná. Puxei assunto falando que tava escrevendo pro Voz das Comunidades sobre aliviar o calor da criançada nesse calorão. Lourdes, então, me contou que em casa ela só faz refrescos naturais e que, assim, bebidas açucaradas, como refrigerante e refresco de guaraná, acabam sendo menos consumidas, apenas quando tão na rua ou comem pizza. Foi só falar da laranjada que a Marianna logo mostrou como ama esses refrescos que a mãe prepara super ciente de que tá hidratando a filha.

Polpa de frutas congeladas também rende refrescos nutritivos. É só fazer o suco e separar uma parte do suco pra fazer o refresco. Frutas e polpas fazem do refresco uma bebida saudável e natural.

O que também dá um refresco saudável e natural é o suco de uva integral. Vale aproveitar quando tem promoção no mercado. É muito forte, então, rende muito refresco.  

Já os sucos concentrados de polpa de fruta não são adoçados, mas têm substâncias artificiais (como conservantes). Por isso é importante olhar os rótulos, pra escolher a marca com maior quantidade de polpa. Refresco de sucos concentrados é prático, saboroso e é mais saudável do que refresco em pó, tanto por ter polpa de fruta quanto porque a gente pode adoçar sem exagerar no açúcar.

E um jeito prático e gostoso de hidratar a criançada com refrescos é congelar em formas de gelo e botar os gelinhos de refresco no copo de água.

 

Água é o principal ingrediente pra refrescar no calorão

Ah, e se você achava que refresco não é tão bom quanto suco de fruta, pode esquecer isso. O suco concentra os nutrientes das frutas. Já o refresco é bom exatamente por ter muita água e ser nutritivo quando é feito de frutas ou polpas. No calorão, refresco saudável pras crianças tem o efeito de hidratar mais, de dar mais água ao corpo.

Calor mexe com a gente por dentro, sabia? A gente fica incomodada, desconfortável, porque o calor obriga o corpo a reagir. O corpo da gente sente que tá esquentando muito e vai fazendo mudanças pra se defender do calor. Esse esforço pra equilibrar a temperatura do corpo afeta até o humor da gente.

Então, sim! A gente fica com menos paciência e mais irritação no calor. E precisa lembrar disso pra segurar a onda e também pra segurar a onda das crianças. Tá geral na mesma sauna. Só que as crianças são, sacomé, seres novinhos, em formação, não sabem tudo que a gente pode saber. A gente tem que ajudar. E, na boa, no caso do calor, ajudar as crianças a não ficaram tão irritadas é um alívio pra qualquer adulto.  

O mês de janeiro de 2019 teve temperatura média 4.9 graus acima da média normal pro período na cidade do Rio. O verão tá mais quente aqui e em outras capitais brasileiras também. O aumento da temperatura é no mundo todo, os últimos anos são os mais quentes já registrados desde 1880. A gente precisa se adaptar. Como não dá pra fazer as crianças beberem só água, abusar dos refrescos mais saudáveis e naturais garante parte da hidratação necessária no calorão.

Pra saber mais o estresse que o calor provoca no corpo e na mente da gente, clica aqui e acessa a reportagem do Jornal Nacional Verão intenso provoca estresse térmico e deixa pessoas mais irritadas e impacientes.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]