CETEP do Alemão oferece cursos profissionalizantes gratuitos

Foto: (Renato Moura/Voz das comunidades)
Foto: (Renato Moura/Voz das comunidades)

Os cursos oferecidos são os seguintes: inglês, espanhol, informática I e II, depilação, cabeleireiro, manicure e pedicure, confeiteiro, organizador de festas, assistente financeiro, entre outros.

O Centro de Educação Tecnológica e Profissionalizante (Cetep) Alemão, localizado na Avenida Itaóca, em Bonsucesso, está com vagas diversos cursos gratuitos. As inscrições devem ser feitas até o dia  17 de maio e o aluno deve escolher entre um dos cursos profissionalizantes disponíveis – formação inicial e continuada – nas áreas de idiomas, informática, construção civil, estética e hotelaria.

Para se inscrever os interessados devem atender a alguns pré-requisitos relativos a idade e escolaridade mínimas. Para idiomas e informática é preciso ter idade mínima de 12 anos e ter concluído o 6º ano (antiga 5ª série) do ensino fundamental. Para estética as idades mínimas são de 18 anos e para cabeleireiro e 16 para depilação e manicure; já as escolaridade exigidas são 5º ano concluído para depilação e 6º ano para os outros dois cursos. Para hotelaria basta ser alfabetizado e ter no mínimo 17 anos de idade.

As inscrições podem ser feitas pelo site www.faetec.rj.gov.br ou no Cetep, de segunda a sexta, das 8h às 19h, tendo em mãos seu documento de identidade ou certidão de nascimento – para os menores de 18 anos – original. Todas as vagas serão distribuídas por sorteio

O endereço do Cetep Alemão é: Avenida Itaóca, nº 1.174, em Bonsucesso.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]