Dia Nacional da Consciência Negra

Zumbi, nascido livre em 1655, não queria apenas a própria liberdade, mas desejava para todo o seu povo. Zumbi foi um grande guerreiro que liderou palmares, o maior movimento de resistência contra escravidão, que ficava na Serra da Barriga, hoje estado de Alagoas. Foi morto pelas suas convicções em  20 de novembro de 1695 e justamente por isso essa data é homenageada no calendário como Dia Nacional da Consciência Negra.

Hoje no secúlo XXI, a luta de Zumbi, de  héróis negros como: João Cândido Felisberto (Almirante Negro) e de outros representantes do movimento ainda tem muitos desafios a vencer pela igualdade entre negros e brancos. Mas muito já foi consquistado inclusive na legislação, já que desde a Constituição Federal de 1988, o racismo é crime inafiançável sujeito á pena de reclusão.

“Ser negro, reconhecer-se negro e ser reconhecido como tal, na perspectiva ética, nunca deveria ser motivo de vergonha, negação e racismo, mas de reconhecimento, respeito e valorização. Significa trazer no corpo, na cultura e na história a riqueza de uma civilização ancestral e um processo de luta e resistência que continua agindo no mundo contemporâneo.” (Moreira, 2008)

Por: Thamyra Thâmara

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]