Restaurantes de comunidades são selecionados para participar do Rock in Rio

Ao todo 18 empreendimentos gastronômicos de comunidades cariocas estarão presentes no Espaço Favela ao longo do evento
As 18 empresas

O Rock in Rio irá inaugurar este ano o Espaço Favela e, além das atrações artísticas, como batalhas de SLAM, rappers, funkeiros, a Orquestra Maré do Amanhã, entre outras, o evento também irá contar com culinária diretamente das comunidades cariocas.

Os empreendimentos gastronômicos escolhidos fizeram parte de uma turma do Sebrae, o curso os capacitou para produzir em larga escala, ensinou como se adequar às regras do evento e teve como objetivo final tornar os microempreendedores revendedores dos seus produtos para outras empresas.

O frequentador do festival encontrará as iguarias nos 3 bares do Espaço Favela e entre os 18 escolhidos, dois são do Complexo do Alemão. O Frango Chef foi idealizado pela moradora Cíntia Alves e o food truck levará Bolinho de Feijoada com recheio de couve mineira, bacon e carne seca. A chef nasceu na comunidade e realizou o sonho de ter um local fixo para vender suas delícias.

Além do food truck, o Buffet Vera Meireles também estará presente no festival. Com 27 anos de experiência em buffet de festas e eventos, desta vez, ao invés de bolos decorados, o buffet levará seu delicioso Bolinho de Queijo. Ambos estarão disponíveis no Rock in Rio, nos dias 27, 28 e 29 de setembro.

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]