Dolar cai para 3,80 e fecha com menor cotação do ano

dolar-2

A queda foi a menor do ano, a última menor cotação foi em Dezembro do ano passado

Foi divulgado agora pouco pelo portal de notícias G1, através da agência Reuters, a menor cotação do Dolar do ano, com queda de 2,19% a R$ 3,8022, terminando com o menor valor em três meses. Em dezembro de 2015, o Dolar chegou a fechar a cotação em R$ 3,8005. Segunda a agência Reuters, a queda está influenciada por intensos ruídos político brasileiro, ainda afirmou que há perspectiva de demora, até o Banco Central começar a reduzir os juros.

Acompanhe a cotação ao longo do dia feito pelo G1.com:
Às 9h20, queda de 0,26%, a R$ 3,8635
Às 9h50, queda de 1,14%, a R$ 3,8433
Às 10h20, queda de 1,06%, a R$ 3,8466
Às 11h, queda de 0,718%, a R$ 3,8598.
Às 11h40, queda de 0,63%, a R$ 3,8632.
Às 12h20, queda de 0,84%, a R$ 3,8549.
Às 13h10, queda de 1,36%, a R$ 3,835.
Às 13h40, queda de 1,63%, a R$ 3,8244.
Às 14h42, queda de 1,81%, a R$ 3,8170.
Às 15h, queda de 2,1%, a R$ 3,8057.
Às 15h20, queda de 2,27%, a R$ 3,7995
Às 15h50, queda de 2,45%, a R$ 3,7923.
Às 16h15, queda de 2,05%, a R$ 3,8080.

Às 16h32, queda de 1,88%, a R$ 3,8143.

Fontes Agência Reuters e G1.com

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]