Encontro de blocos da Zonas Norte e Oeste e da Liga Rio Afro sacode madureira em festa pré-carnaval com feijoada da tia Surica

tiasuricaefeijoada

Evento, a ser realizado dia 23 de janeiro na Arena Fernando Torres, no Parque Madureira, celebra 100 anos de samba com tema bem-humorado, batizado “Xô crise!”. Globeleza Erika Moura participa novamente na capital do samba.

Tomando como ponto de partida o reordenamento do Carnaval de Rua das áreas Norte e Oeste do Rio de Janeiro, os maiores blocos dessas duas regiões se reuniram, há dois anos, para a criação do Z.O.N.N.A B (Zonas Oeste e Norte de Núcleo de Blocos), uma associação sem fins partidários, que tem como meta desenhar e executar propostas para a melhoria da folia carnavalesca nesse território do espaço urbano carioca. No dia 23 de janeiro, essa frente se une aos blocos da Liga Rio Afro e aterrissa na Arena Carioca Fernando Torres, no Parque Madureira, para promover uma grande festa regada a uma tradicional feijoada, já um marco do encontro. Com promoção da TV Globo, o evento, com entrada gratuita, vai celebrar os 100 anos de samba com tema bem-humorado batizado “Xô crise!”. A Globeleza Erika Moura aterrissará pela segunda vez em Madureira, berço do samba. Milton Cunha, carnavalesco, cenógrafo e comentarista de Carnaval, apresentará a festa com sua alegria e humor contagiantes.

_ Além de uma celebração, esse grande encontro de blocos, hoje o maior evento desta natureza no Rio, também se propõe à discussão e à elaboração de novas medidas junto aos órgãos governamentais para a reorganização da festa, bem como procura reavaliar com as empresas patrocinadoras do Carnaval de rua o tratamento dispensado às agremiações que se encontram fora do eixo Centro-Zona Sul. É uma frente solidária que caminha ao lado das outras ligas de blocos do Rio _ destaca Vagner Fernandes, presidente do Timoneiros da Viola e idealizador do Z.O.N.N.A B.

Além do Timoneiros, cinco outros grandes blocos das duas regiões mais populosas do Rio já aderiram ao Z.O.N.N.A B e participarão do agito. Entre eles Meu Amor, Eu Vou Ali (de Vila Valqueire), Banda do Pechincha, Banguçando o Coreto (Bangu), Bigode Esticado (Méier) e Mulheres de Zeca (Irajá).  Da Liga Rio Afro estarão na festa o Agbara Dudu, Afoxé Filhos da Paz, Filhos de Gandhi, Lemi Aiyó, Imalê Ifé,  Oju Obá Axé, Olodumaré dos Palmares, Orunmila, Afoxé Raízes Africanas, Afoxé Yê Zambi Ayê e Zimbauê.

Pastora da Velha Guarda da Portela e ilustre personagem do mundo do samba, Tia Surica assina o cardápio, uma atração à parte já conhecida pelo grande público. Na pauta de atrações, além dos blocos, a própria Surica, que dará canjas especialíssimas ao lado do Timoneiros da Viola, o antológico grupo Exporta Samba (banda base do Timoneiros) e o cantor Rixxa, aclamado por sua poderosa voz de tenor. O intérprete é a voz oficial do Timoneiros da Viola e vai relembrar clássicos sambas da Portela e de outras consagradas agremiações do Rio. Ainda em seu relicário musical, Pixinguinha, João da Baiana, Noel, Synval, Ismael, Bide, Marçal, Manacéa, Monarco, Geraldo Pereira, Cartola, Nelson Cavaquinho, Paulinho da Viola, claro, e muitos outros.

SERVIÇO
O que: Encontro de blocos Pré-Carnaval ( ZONNA B e LIGA RIO AFRO)
Quando: 23 de janeiro (Sábado)
Onde: Arena Carioca Fernando Torres | Rua Bernardino de Andrade, 200, Parque Madureira
Hora: a partir das 16h
Quanto: ENTRADA GRATUITA
p.s: A feijoada será servida entre 16h e 20h e custará R$ 15.

 (Sheila Gomes/Rita Leal)

Compartilhe este post com seus amigos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp

EDITORIAS

PERFIL

Rene Silva

Fundou o jornal Voz das Comunidades no Complexo do Alemão aos 11 anos de idade, um dos maiores veículos de comunicação das favelas cariocas. Trabalhou como roteirista em “Malhação Conectados” em 2011, na novela Salve Jorge em 2012, um dos brasileiros importantes no carregamento da tocha olímpica de Londres 2012, e em 2013 foi consultor do programa Esquenta. Palestrou em Harvard em 2013, contando a experiência de usar o twitter como plataforma de comunicação entre a favela e o poder público. Recebeu o Prêmio Mundial da Juventude, na Índia. Recentemente, foi nomeado como 1 dos 100 negros mais influentes do mundo, pelo trabalho desenvolvido no Brasil, Forbes under 30 e carioca do ano 2020. Diretor e captador de recursos da ONG.

 

 

Contato:
[email protected]