Encontro Energia 2050 na PUC-RJ

Você já parou para pensar como será o futuro da Energia em 2050??? #Energia2050 Responda usando esta hastag no Twitter, as melhores receberão RT. Preparação para o futuro: Quando se

Você já parou para pensar como será o futuro da Energia em 2050??? #Energia2050 Responda usando esta hastag no Twitter, as melhores receberão RT.

Preparação para o futuro: Quando se estabelece que os três mais poderosos motores de nosso atual mundo energético — demanda, oferta e efeitos sobre o meio ambiente — deverão passar por uma mudança significativa, é porque estamos diante de uma era de transições revolucionárias e de considerável turbulência. E enquanto os preços e a tecnologia direcionarem algumas dessas transições, as escolhas políticas e sociais serão fundamentais. Essas escolhas também dependem do quanto estamos alertas com relação a essas transições conforme elas acontecem, especialmente porque durante uma década ou mais, estávamos provavelmente distraídos pelo que parecia ser um desenvolvimento saudável. Mas embaixo desse mundo conservador, as transições já estão começando: governos e empresas estão se posicionando com relação a alternativas para o longo prazo; estão sendo discutidas estruturas regulatórias; como não haverá uma fórmula mágica, novas combinações tecnológicas estão em desenvolvimento, como fontes renováveis intermitentes sendo integradas aos sistemas de fornecimento de energia existentes; e novas infraestruturas, como a captura e o armazenamento de dióxido de carbono (CCS) são necessárias, ao passo que as fontes antigas e ineficientes precisam ser desativadas.

As pessoas estão começando a perceber que o uso da energia tanto pode fomentar como ameaçar o que elas mais valorizam: sua saúde, sua comunidade, o meio ambiente, o futuro de seus filhos e o próprio planeta. Essas esperanças e medos pessoais profundos podem se intensificar e interagir de forma a produzir diferentes resultados coletivos e inaugurar uma nova era energética sob várias formas diferentes.

Quando se estabelece que os três mais poderosos motores de nosso atual mundo energé-tico — demanda, oferta e efeitos sobre o meio ambiente — deverão passar por uma mudança significativa, é porque estamos diante de uma era de transições revolucionárias e de considerável turbulência. E enquanto os preços e a tecnologia direcionarem algumas dessas transições, as escolhas políticas e sociais serão fundamentais. Essas escolhas também dependem do quanto estamos alertas com relação a essas transições conforme elas acontecem, especialmente porque durante uma década ou mais, estávamos provavelmente distraídos pelo que parecia ser um desenvolvimento saudável. Mas embaixo desse mundo conservador, as transições já estão começando: governos e empresas estão se posicionando com relação a alternativas para o longo prazo; estão sendo discutidas estruturas regulatórias; como não haverá uma fórmula mágica, novas combinações tecnológicas estão em desenvolvimento, como fontes renováveis intermitentes sendo integradas aos sistemas de fornecimento de energia existentes; e novas infraestruturas, como a captura e o armazenamento de dióxido de carbono (CCS) são necessárias, ao passo que as fontes antigas e ineficientes precisam ser desativadas.  As pessoas estão começando a perceber que o uso da energia tanto pode fomentar como ameaçar o que elas mais valorizam: sua saúde, sua comunidade, o meio ambiente, o futuro de seus filhos e o próprio planeta. Essas esperanças e medos pessoais profundos podem se intensificar e interagir de forma a produzir diferentes resultados coletivos e inaugurar uma nova era energética sob várias formas diferentes.

Rumo a um futuro Energético Sustentável – Shell Brasil

Deixe comentário